Monthly Archives : novembro 2013

Série “Dez anos da Tríplice Coroa”: goleada na Copa do Brasil para apagar má estreia no Brasileiro

Depois do empate na estreia do Brasileiro, os jogadores se reapresentaram na Toca da Raposa na segunda-feira à tarde, dia 31 de março. Iniciaram, então, a preparação para o jogo de quarta-feira, pela Copa do Brasil. Luxemburgo teve uma conversa com os jogadores. Nada de puxão de orelha. A intenção era dar uma injeção de… Continue lendo →

Alex: “20 momentos mágicos”

Alex, craque com a bola nos pés e com a caneta na mão. Assim ele escreveu para a contracapa do livro 20 Jogos Eternos do Cruzeiro: Quando soube deste livro, fiquei imaginando a dificuldade em escolher 20 jogos. É um numero muito pequeno perto da rica e gigantesca historia do Cruzeiro. Cresci ouvindo meu pai… Continue lendo →

O ônus de ser campeão: “quem vai, quem vem” começou cedo

A maioria dos clubes ainda esquenta a cabeça com o Brasileiro. Sobretudo os que fogem da degola e os que almejam vaga na Libertadores. Mas o Cruzeiro já entrou em outra fase. A chata fase do “quem vai, quem vem”. Estes são os que “vêm”. Fala-se muito em Alex. O meia tem contrato com o… Continue lendo →

Júlio Batista: condenado!

A imagem é clara: “faz logo outro, porra!”. A expressão facial de Júlio Batista, “incriminadora”. As situações de Vasco e Cruzeiro no campeonato deixam tudo ainda mais evidente: o campeão brasileiro aliviou para o carioca decadente. Pronto, basta. Ir fundo nas investigações e apurações para quê? É mais fácil, e melhor, decidir tudo sumariamente e… Continue lendo →

Convite especial aos cruzeirenses de BH

Abaixo, o vídeo-convite do lançamento do livro. Veja:

Série “Dez anos da Tríplice Coroa”: empate na estreia do Brasileiro não ofusca gol de placa de Alex

Na sexta-feira, dia 28 de março, a equipe celeste se reapresentou na Toca da Raposa, após um dia de folga pela viagem a Caicó-RN. O time iniciou a preparação para o jogo de abertura do Brasileiro sem a presença do técnico Vanderlei Luxemburgo. O comandante foi a São Paulo, para o casamento de uma das… Continue lendo →

O livro que é pura emoção

20 Jogos eternos do Cruzeiro é meu segundo livro. Segundo, por sinal, sobre essa coisa apaixonante chamada CRUZEIRO. Estreei com o Anos 90: um campeão chamado Cruzeiro, lançado em 2012. E foi a partir dessa publicação que surgiu a oportunidade de escrever o segundo. Que é especial por vários motivos. Primeiro porque, ao contrário do Anos… Continue lendo →

Dedé e os paladinos da “cruzeiralidade”

E o Dedé, hein? Declarou ontem que prefere ficar fora do jogo contra o Vasco, no domingo. E justificou: “se fosse outra situação, se ainda não fôssemos campeões, eu jogaria. Mas, como já ganhamos, eu prefiro não jogar”. Pronto. Foi o bastante para que paladinos da “cruzeiralidade” esbravejassem contra o beque. “Safado”, “antiprofissional”, “é pago… Continue lendo →

Fábio: entrevistas chatas, mas com lições de gratidão e reconhecimento

Fábio esteve ontem no Bola da Vez, da ESPN. Mas, como já era de se esperar, pouco disse. Raras vezes saiu do clichê para revelar algo realmente valioso do Cruzeiro campeão. O camisa 1 da Raposa é o típico boleirão. Tem resposta pronta para todas as perguntas. E, quase sempre, respostas chatas. “Fábio, quem foi,… Continue lendo →

Quem ganha com a renovação de Marcelo Oliveira?

Em dia de tuitaço pela renovação de Alexandre Mattos com o Cruzeiro, Marcelo Oliveira assina por mais um ano. Isso é uma vitória de todos. Da torcida, que hoje reconhece o valor profissional de Marcelo e tem, depois da rejeição inicial por motivo torpe, a oportunidade de repensar conceitos e futuros motivos de protestos. Dos… Continue lendo →