Monthly Archives : fevereiro 2014

Piazza, Dirceu Lopes e meu pai

Meu pai era menino. Tinha lá seus sete ou oito anos quando achou uma fresta na janela do vizinho e espiou. Espiou e se encantou. A tal ponto que a cena que viu ali, na TV da casa alheia, mudaria para sempre a sua vida. E a do seu filho, que só nasceria quase 20… Continue lendo →

Lançamento em Brasília com Piazza e Dirceu Lopes

É hoje, aqui em Brasília, com as presenças de Dirceu Lopes e Piazza, o lançamento do livro “20 Jogos eternos do Cruzeiro”. Veja o que saiu por aí a respeito do evento: Globoesporte.com – Dirceu Lopes e Piazza participam de lançamento de livro em Brasília Superesportes (Estado de Minas) – Lançamento de livro do Cruzeiro… Continue lendo →

Nosso camisa 10 é a determinação

Concordo que Ricardo Goulart teve atuação soberba; que Dagoberto foi fundamental para a vitória; que Rodrigo Souza atuou com desenvoltura de jogador experiente em grandes confrontos; que Dedé fez jus ao apelido “Mito”; que Willian provou por que é xodó da torcida. Eu também concordo que com Fábio estamos mais seguros que a maioria dos… Continue lendo →

Jogo às 17h30? Chororô liberado

Sou avesso a chororô no futebol. Aquele episódio do Botafogo de Cuca, em 2008, aos prantos no vestiário, foi uma das coisas mais ridículas que já vi no esporte. A torcida do Cruzeiro também já pagou seus micos nesse quesito. Em 1998, prejudicado pela arbitragem, o Cruzeiro perdeu o título da Copa Mercosul para o… Continue lendo →

Vitória depende de nós. E dos guerreiros dos gramados

Triunfo, vitória, três pontos… O torcedor cruzeirense só tem pensado nisso para o jogo de amanhã, contra La U. O pensamento positivo, se por um lado existe pela confiança da China Azul no forte elenco do Cruzeiro, por outro, carrega uma certa dose de preocupação e pressão pela vitória. Isso pela simples razão de que,… Continue lendo →

La Bestia e a perseguição dos bestas

Júlio fez um primeiro tempo muito bom na quarta-feira. Deu a assistência para o gol de Willian, funcionou bem como atacante de referência, testou duas vezes o goleiro do Guarani com chutes de fora da área… Enfim, mostrou que estava a fim de jogo. No segundo tempo, não foi tão bem como no primeiro. Perdeu… Continue lendo →

Atenção, Brasília: Dirceu Lopes e livro sobre a Raposa na área

Atenção China Azul de Brasília, vamos lotar o Carpe Diem, da 104 Sul, na próxima quinta-feira, dia 27/2, a partir das 19h, para o lançamento do livro 20 JOGOS ETERNOS DO CRUZEIRO. O craque Dirceu Lopes, ídolo eterno do Cruzeiro, estará presente para tirar foto, autografar o livro e, claro, contar muitas histórias da época… Continue lendo →

Willian (não) Faria falta

O BLOG ouviu um membro do Departamento de Captação do Coritiba sobre as características do novo contratado do Cruzeiro, o volante Willian Farias. Preferindo o anonimato, ele disse: O Willian é um atleta que estava desde as categorias de base no clube. Ficou 14 anos no Coritiba e está saindo agora pela primeira vez. Ele… Continue lendo →

Alex é arte! Alex é mil!

Mil jogos! Destes, 121 com a camisa celeste. Mas, afinal, 121 jogos ou apresentações artísticas? Pois encerro hoje este dilema. Foi arte. Pronto. Foi arquitetura, escultura, pintura, escrita, dança, teatro e cinema. Ou alguém seria capaz de dizer que os lançamentos que ele dava para Aristizábal não eram como os traços curvos de Oscar Niemeyer?… Continue lendo →

Rodrigo Souza e o fim da “Niltondependência”

Quando o nome de Rodrigo Souza foi anunciado entre os titulares da Raposa para o clássico, muitos resmungaram. Achavam que Marcelo Oliveira o havia lançado na fogueira. Esses mesmos torceram ainda mais o nariz quando souberam que, não bastando a missão de substituir o xodó Lucas Silva, deram ainda, a Rodrigo Souza, a incumbência de… Continue lendo →