Monthly Archives : abril 2014

Para a imagem do Cruzeiro resplandecer

Fácil não será. Nem haveria razões para acreditar que seria. O Cerro apresentou-se bem em BH, com equilíbrio tático e razoável qualidade técnica. Isso já explica por que não será tarefa simples o jogo de logo mais. Somado a isso, os paraguaios ainda têm um time motivadíssimo, pelo que se conclui das declarações do presidente,… Continue lendo →

A força azul está no coletivo

Dagoberto viajou para o Paraguai. A notícia é ótima. Já escrevi aqui que acho Willian muito bom jogador, mas Dagoberto é melhor, mais experiente e tem estrela. Por retornar de contusão, não deve começar jogando. Será, ao que tudo indica, arma para o segundo tempo. Outra boa notícia é a volta, na Libertadores, de Ricardo… Continue lendo →

Cruzeiro em Brasília (II)

Dando sequência à série “Cruzeiro em Brasília”, hoje o Blog do Olivieri traz mais três jogos do Maior de Minas na Capital Federal. Em 1966, no feriado do Dia do Trabalho, o principal time candango da época convidou o Cruzeiro para um amistoso em Brasília. O jogo, em cortesia aos trabalhadores da Capital, foi com… Continue lendo →

Cruzeiro x São Paulo – dez considerações

1) Primeiramente, parabéns aos cretinos da Máfia Azul e da Pavilhão Independente que brigaram naquele jogo contra o Bahia, no ano passado, e impossibilitaram, mais uma vez, que o Cruzeiro jogasse no Mineirão. Em Uberlândia, com o estádio dividido entre cruzeirenses e são-paulinos, o Cruzeiro não pôde usufruir do fator campo, embora mandante. 2) Não… Continue lendo →

Sorín, o ídolo da raça

Juan Pablo Sorin. Nenhum outro nome na história recente do Cruzeiro superou a sintonia desse argentino com a Nação Azul. Com sotaque carregado e vasta cabeleira, o lateral esquerdo chegou ao Clube mineiro em janeiro de 2000, após uma negociação que envolveu Cruzeiro, River Plate e Hicks Muse Tate & Furst, empresa americana parceira do… Continue lendo →

Titulares pelo bem do time

Marcelo Oliveira confirmou: contra o São Paulo, no domingo, o Cruzeiro vai com força máxima. Caso não atuassem até a partida contra o Cerro, os titulares ficariam 14 dias sem entrar em campo, apenas descansando e treinando. A comissão técnica avaliou que seria mais prejudicial ao time a perda de ritmo de jogo do que… Continue lendo →

Academia Cruzeirense de Letras

Hoje é o Dia Mundial do Livro, data, portanto, apropriada para listar algumas literaturas imprescindíveis ao torcedor cruzeirense. Meu livro preferido sobre o Maior de Minas é o Páginas Heroicas – Onde a imagem do Cruzeiro resplandece, do sociólogo Jorge Santana. Primeiro porque o autor se aprofundou bastante nas pesquisas, o que resultou numa obra… Continue lendo →

Ô, o Goulart voltou

A ótima notícia do treino de ontem foi que Ricardo Goulart voltou a treinar “sem restrições”, como definiu o médico do Cruzeiro, Sérgio Freire Júnior. A ausência do jogador na primeira partida contra o Cerro Porteño, ao lado do desgaste físico excessivo do grupo,  foi o principal fator para a apresentação abaixo da média do… Continue lendo →

Cruzeiro em Brasília (I)

Está confirmado para Brasília o jogo entre Atlético-PR e Cruzeiro, no dia 3/5, pelo Brasileirão. Depois de ficar sete anos longe da Capital Federal, a Raposa voltará ao palco onde, em 1960, ano da inauguração da cidade, fez o primeiro clássico da história fora de Minas Gerais (isso só viria se repetir em 2009, quando… Continue lendo →

Cruzeiro x Bahia – dez considerações

Dez considerações do blogueiro sobre o jogo contra o Bahia: 1) A decisão do técnico Marcelo Oliveira de levar e escalar apenas jogadores reservas – com exceção do goleiro Fábio – foi acertadíssima. Mesmo que a equipe tivesse perdido para o Bahia, a opinião seria a mesma. O time titular precisava de descanso, de recomposição… Continue lendo →