Rápido e rasteiro: Luxemburgo, Fábio e alguns pitacos mais

 

blog foto

Algumas opiniões e informações sobre o que de mais importante tem acontecido no Maior de Minas:

  • Luxemburgo modificou a equipe e testou nova formação, com Marcus Vinícius e Willian saindo para as entradas de Willians e Alisson, respectivamente. A tentativa da vez é jogar com três volantes. Mais uma semana entra e lá está Luxa modificando a equipe sem treiná-la suficientemente no novo formato tático . Depois não sabem porque colecionamos reveses.
  • Fábio teria recebido oferta do Palmeiras para deixar o Cruzeiro no ano que vem. A informação saiu de uma rádio paulista, mas foi desmentida tanto por Alexandre Mattos, do Palmeiras, como pelo empresário do goleiro, que mandou recado de que aguarda chamado da diretoria celeste para negociar renovação. Acorda, Gilvan!
  • Mayke admitiu ontem que teve uma queda de rendimento. E justificou com uma verdade: todo jogador vive altos e baixos na carreira. Estou com o lateral: é hora de incentivá-lo e apoiá-lo. Talento, ele tem.
  • Libertadores de 76, primeiro título internacional do Cruzeiro, completa hoje 39 anos. Um brinde à molecagem de Joãozinho!
  • Paulinho Maclaren assumiu nesta semana o comando técnico do São José, time que disputa a Séria A-3 do Paulista. Sorte na empreitada ao dono da melhor comemoração da história do futebol mundial.

 

2 Responses to “Rápido e rasteiro: Luxemburgo, Fábio e alguns pitacos mais”

  1. Silas de Almeida disse:

    Gilvan fez a maior palhaçada como um pessimo gestor.Mandou Marcelo Oliveira embora numa crise aonde o cara tinha perdido a mãe dele.Depois que vendeu todos este gestor ruim queria o que?
    A maior cagada dele de novo: renovar contrato de Julio Batista
    Pqp.
    Fora Gilvan ja e quem tem cair fora é você

  2. Wanderley Luxemburgo, disse que o Arrascaeta não é um atleta, mesmo que pense assim, achei desnecessário tentar “queimar “Esse jogador , que na minha opinião junto com Alisson e Judvan são os mais técnicos. O Fábio, 10 anos de Cruzeiro, o engraçado que entra técnico e nenhum vai trocar ideia com o capitão, é o Tinga, agora o Paulo André ( zagueiro dos mais fracos que já vi ). O Maike foi humilde em reconhecer e não colocar culpa no desmanche da equipe. Motivação deve ser o que falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *