Lágrimas por Ceará

Foto: MOURÃO PANDA/Gazeta Press

Foto: MOURÃO PANDA/Gazeta Press

Em 2010, eu estava em lua de mel em Paris quando soube que, na cidade, jogariam PSG e Caen, pelo Campeonato Francês. Falei à esposa que a levaria a um lugar fantástico e comprei ingressos para a partida.

Óbvio que quando chegamos à porta do Parc des Princes, estádio do PSG, levei bronca. Afinal, na opinião dela, jogo de futebol não era programa de lua de mel. Mas eu a tranquilizei dizendo que valeria a pena, pois Nenê e Giuly estariam em ação.

Mas a bola rolou e não foi a dupla de ataque que roubou a cena, e sim um lateral direito que, na primeira etapa, a cerca de cinco metros do meu nariz, atacava e defendia sem errar um bote, um passe, um cruzamento. O nome dele: Ceará.

BLOG DO OLIVIERI NO FACEBOOK

Entusiasmado com o sucesso de um brasileiro no jogo, contei à esposa que aquele cara havia parado Ronaldinho Gaúcho, então melhor jogador do mundo, na final do Mundial de Clubes de 2006. Nem assim ganhei um sorriso dela…

Só em 2012, quando perguntei a ela se se lembrava daquele brasileiro que havia jogado muita bola no jogo que vimos em Paris, é que enfim arranquei o tal sorriso. Ela se lembrava. Então, feliz, anunciei: “ele foi contratado pelo Cruzeiro!”. Ela sorriu de novo.

Sorriu como eu sorri durante os três anos em que Ceará vestiu a camisa do Cruzeiro. Ele nunca decepcionou a fé que depositei no futebol dele. Nem quando as contusões o castigaram seguidamente. Por não se tratar de jogador chinelinho, era certo que daria o duro para se recuperar logo. Como, de fato, sempre deu.

Nunca fez beiço ou deu declaração polêmica por ficar na reserva. Pelo contrário, reconhecia o melhor momento de Mayke e, com grandeza de espírito, aconselhava-o com dicas preciosas que só um senhor da posição tem.

E se acionado era para entrar em campo e atuar, jogava o fino a ponto de identificarmos outra coincidência de 2003 com 2013: a excelência técnica dos laterais direitos do elenco. Lá atrás, com Maurinho e Maicon; agora, com Ceará e Mayke.

Ceará, além de tudo isso, era um baita líder, um grande agregador, um puta cara legal. Reza a lenda que o temperamental Dagoberto só ouvia e obedecia a uma voz na Toca: a de Ceará.

Esse cara partirá. E deixará saudades. O lugar dele na prateleira de cima da história já está reservado bem ao lado de Nelinho e Maurinho. Isso conforta, mas não é suficiente para aplacar a tristeza.

Hoje não é dia de sorrisos. E não me levem a mal se uma lágrima correr.

#ObrigadoCeará.

Super8OFICIAL

 

16 Responses to “Lágrimas por Ceará”

  1. Sandrinha Fernandes disse:

    Obrigada Ceará!!!

  2. Santos disse:

    Esse sim fará falta. Dentro e, principalmente, fora de campo.

  3. Bruno disse:

    Realmente, ele fará muita falta, decisão infeliz da diretoria, você não dispensa funcionário de confiança. Se é para cortar custo, cabeças que não faltam na toca.
    Ceará foi um líder, certamente escolheria BH para morar ao final de sua carreira, sua família faz um trabalho espetacular na cidade. Uma pena.

  4. Caíque disse:

    Putz, cara! Baita texto. As lágrimas escorreram aqui.

  5. Puxa vida, me emocionei agora. Fiquei mais triste ainda pela sua saída. Este, sim, vai deixar saudade.
    abs

  6. roberto disse:

    Existem jogadores e jogadores,Ceará é um baita jogador,ele fará muita falta no elenco,mas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Edson disse:

    Um cara que com 35 anos está entre os três melhores laterais direitos do Brasil, se não for o melhor. Usar a desculpa de que ele jogou pouco sendo que Mayke com 23 anos quase não jogou tb e Fabiano não tem nem de longe a técnica que Ceará tem. Isso é muita burrice!!!!!

  8. Matheus TP disse:

    Ceará foi o melhor “lateral marcador” que vi no Cruzeiro. Sem o ímpeto de Maurinho, Jonathan ou Mayke no apoio ao ataque, mas no equilíbrio das funções ofensiva e defensiva, um lateral muito eficiente. Boa sorte pra ele e que o Mayke recupere seu futebol no Cruzeiro (eu acredito nele).

  9. SERGIO MENDONÇA disse:

    DEUS TE ABENÇOE CAMPEÃO, QUE O SENHOR ESTEJA TE PROTEGENDO E A TODA SUA FAMILIA

  10. Geovanio disse:

    Me emocionei aki cara….Muito Obrigado Ceará por tudo oque fez pelo nosso Cruzeiro….Q deus esteja sempre com vc!!!

  11. Delwson disse:

    Nota 10 para o texto.
    Chick de mais.
    Ceará, exemplo de pessoa e de jogador.
    Valeu!!!

  12. francisco disse:

    pra mim foi a maior injustiça, eu até esperava a dispensa dos outros jogadores,mas dele está diretoria está de brincadeira mandar um baita jogador que vem sendo um dos melhores jogadores nesta arrancada do cruzeiro e sempre dedicou eu esperava no minimo que o cruzeiro reconhecesse e ficasse até a
    aposentadoria.

  13. José Geraldo Dias Filho disse:

    Estou ficando cada vez mais fã de seu blog, Ceara para mim, supera até mesmo o Nelinho, por que além de jogar muita bola é de um caráter impar, jogadores como ele é difícil de se encontrar, que ele continue sua carreira em alto nível e se eu fosse da diretoria do América levaria este craque pra la, onde ele se encontraria um outro jogador bom de bola e e de caráter como o dele, o Fernando Leal.

  14. Adilson Bahêa disse:

    Neste fim semana, tive a honra e conhecer de perto o Jogador Ceará e seus filhos também, onde teve bate – papo e aquele almoço bem legal… Secesso Ceará e matéria Mil…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *