Posts Under ‘Campeonato Brasileiro de 2014’ Category

Um ano do bi que nos fez tetra

Hoje faz um ano do bicampeonato que valeu o tetra na história celeste. Aos amigos leitores, deixo a crônica que escrevi no dia seguinte à conquista. * Poucas vezes vivi um dilema tão difícil de solucionar como o de ontem. Eu simplesmente precisava escolher entre acompanhar, pela primeira vez na vida – e talvez última… Continue lendo →

Cruzeiro 4 x 2 Chapecoense – dez considerações

1) Mais um catarinense nos assuntou no Mineirão. Ano passado, foi o Criciúma, que conseguiu virar, em poucos minutos, um jogo em que perdia por 2 a 0, indo para o intervalo com um incrível 3 a 2. Desta vez, quem foi para o intervalo em vantagem foi a Chapecoense. A retranca alviverde só foi… Continue lendo →

Cruzeiro 1 x 0 Goiás – dez considerações

1) A torcida cruzeirense no Serra Dourada, reforçada com a ida de vários cruzeirenses de Brasília, fez bonito. Não só pela presença em número um pouco superior à da torcida esmeraldina, mas sobretudo pela participação marcante, com cânticos de incentivo e exaltação ao Maior de Minas. No Planalto Central, aquilo que já se desconfiava desde o… Continue lendo →

Cruzeiro 1 x 0 Grêmio – dez considerações

1)   Um absurdo o que jogou o Dedé. A jogada do gol de Dagoberto foi apenas a cartada final de uma atuação soberba, irrepreensível, perfeita. Ganhou todas no alto, fez com louvor a cobertura do companheiro Léo na jogada em que este se atrapalhou, foi cirúrgico em todas as jogadas em mano a mano. Tudo… Continue lendo →

Cruzeiro 3 x 0 Santos – dez considerações

1) É impossível Cruzeiro e Santos se enfrentarem no Mineirão e não vir à memória o 6 x 2, na final da Taça Brasil de 1966, com Pelé e companhia em campo, bem como o 3 x 0 de 2003, em que, de um lado, estavam Alex e Aristizábal e, de outro, Robinho em alto… Continue lendo →

CBF: Cruzeiro bem ferrado

Detesto teorias da conspiração. Para mim, não há dúvidas de que o homem pisou na Lua em 1969, de que as Torres Gêmeas caíram após ataque orquestrado pela Al Qaeda e de que Bin Laden foi morto no Paquistão e teve o corpo lançado ao mar. Minha antipatia a essas balelas se estende ao futebol…. Continue lendo →

Cruzeiro 1 x 1 Botafogo – uma consideração apenas

Mais uma vez, não rolou o tradicional post com as 10 considerações sobre o jogo com o Botafogo. Desta vez não por não ter, o blogueiro, assistido à partida, mas por causa do final de semana atribulado com mudança de casa. Espero em breve dar sequência às “dez considerações”. Visto o jogo, registro: discordo –… Continue lendo →

Cruzeiro imparável

O blog não traz hoje as já habituais “dez considerações” porque o blogueiro, ocupado que estava em outro compromisso, não pôde assistir à partida. O que é uma tormenta, pois acompanhar por twitter é um suplício. Faltando cinco minutos para o fim do jogo, passei a atualizá-lo de 30 em 30 segundos. Percebi logo, ao ler… Continue lendo →

Cruzeiro 3 x 1 Vitória – dez considerações

1) Era perto de 21h30 e ainda havia torcedor cruzeirense do lado de fora do estádio, procurando vaga para estacionar o carro, já que as das cercanias do Mineirão estavam proibidas de uso. Uns dizem que a proibição parte da BHTRANS e da PM, outros, da Minas Arena, que tem interesse na lotação do estacionamento… Continue lendo →

E se Willian sair, quem vem? Serve “ninguém”?

Antes de contratar o lateral argentino Sorín, em janeiro de 2000, o Cruzeiro viveu uma “novela” modorrenta e interminável com esta do Willian. Ora o River Plate criava dificuldades para liberar o jogador, ora a Raposa chorava para que a pedida dos Millionarios fosse reduzida. Era um chove-não-molha danado. Tostão, dois dias antes do acerto de… Continue lendo →