Posts Under ‘Livros’ Category

Alex para loucos

Sem medo de errar, digo: era evento para, no máximo, 100 livros. Chuva torrencial; trânsito caótico nos arredores; local de dimensões acanhadas e estacionamento precário; fila de autógrafos longa… Quem é capaz, num contexto desse, de atrair multidão, de ultrapassar o limite dos 100 livros? Difícil apontar um. Mas Alex não é um – é… Continue lendo →

Alex e a sabedoria de jamais voltar

Dizem que não se deve voltar a um lugar onde você foi feliz. Existe até música que anuncia o provérbio. Chama-se “As regras da sensatez”, de Rui Veloso. Por mais que valha para a vida de modo geral, a sabedoria parece ter sido dedicada ao futebol, tamanha a perfeição com que se adequa ao meio…. Continue lendo →

Atenção, Sampa Azul: Alex em São Paulo

  Sampa Azul, anote aí: Na próxima terça-feira, dia 10, a partir das 17h, Alex, o Talento Azul, e Marcos Eduardo Neves, o biógrafo, lançarão o livro “Alex – A biografia”, na Livraria Cultura, do Conjunto Nacional. Vista a camisa celeste e vá lá prestigiar – e reverenciar – o melhor jogador do mundo em… Continue lendo →

Crônica na Revista do Cruzeiro

Fui convidado a escrever a coluna “O Meu Cruzeiro”, que fecha a Revista do Cruzeiro deste mês. Convite aceito e crônica redigida. Eis o resultado:

Plínio Barreto (1922 – 2015)

Plínio Barreto, conselheiro nato do Cruzeiro e jornalista, faleceu hoje aos 93 anos. Nascido em setembro de 1922, não só acompanhou os primeiros anos do Palestra Itália como os registrou para futuras publicações. É autor de quatro livros, entre eles “De Palestra a Cruzeiro – uma trajetória de glórias” e “Futebol no embalo da nostalgia”…. Continue lendo →

O que a biografia do Alex me ensinou: “Aos 10, os dez!”

Lá atrás, 2011 ou 2012, não me lembro com exatidão, procurei Alex no Facebook para uma proposta. Expliquei que o considerava o maior jogador que havia visto com a camisa do Cruzeiro e, por isso, queria biografá-lo. Fui inconsequente, irresponsável, pois sei que não teria a independência jornalística, equilíbrio emocional e distanciamento crítico para passar… Continue lendo →

O sete de setembro solidário de Alex e Aristizábal em 2003

Recentemente, em razão da publicação do livro 2003: o ano do Cruzeiro, fui perguntado inúmeras vezes sobre o que havia me encantado mais, durante as pesquisas, naquele Cruzeiro tríplice campeão. Sempre respondi da mesma forma, dizendo que a primazia técnica do time eu havia constatado e saboreado em 2003. Escrevendo o livro, apenas revivi o passado,… Continue lendo →

O Blog recomenda: 1958 – a primeira estrela

O Blog volta a abrir espaço para falar de livros que têm o futebol como tema de fundo. Desta vez, a fim de recomendar 1958 – A primeira estrela, escrito por Aldizio Tabosa e Marcelo Rosenthal, e publicado pela ótima Maquinária Editora. O livro é um delicioso romance que atravessa duas décadas – 1940 e 1950 –… Continue lendo →

Livro novo: Cartas do Tetra

Poucos leitores sabem, mas passei a maior parte da campanha do tetra trocando cartas com um tricolor e um corintiano. Ok, tudo bem, não sou tão retrógrado assim, não eram cartas, mas e-mails. Essa ideia maluca foi do Paulinho, um amigo carioca, de coração grande e tricolor, que é fera na escrita. Na época, Cruzeiro, Fluminense… Continue lendo →

O livro do 6 x 1